Procurar no site


Contacto

PRIMEIROS SINTOMAS
Rua da Ribeira Nova, nº 44, 1200-376 Lisboa

(+351) 21 096 48 51 | (+351) 91 507 85 72

E-mail: primeiros-sintomas@primeiros-sintomas.com

 

HOME

 

CURTAS 2010 - II Mostra de Teatro de Peças de Curta Duração

Descrição

Descrição

16 JUN a 4 JUL | QUA a DOM | DUAS SESSÕES: 21H00 / 22H30 | RIBEIRA *

 

CAMPO GRANDE

Um projecto de Mónica Garnel e Miguel Castro Caldas

 

Texto: Miguel Castro Caldas | Interpretação: Mónica Garnel

 

Mónica quer livrar-se do contrato de fidelidade mas não há maneira.

 

JUNHO | Dom 20 | Dom 27

____________________________________________________________________________________

 

DESENCONTROS LUNARES

Um projecto de Emília Costa

 

Texto: Emília Costa | Encenação: Bruno Bravo e Emília Costa | Interpretação: António Mortágua e Inês Pereira

 

Um Homem e uma Mulher cruzam-se na noite. Ela não anda e Ele não vai a lugar nenhum. E ainda assim desencontram-se.

 

JUNHO | Qua 16 | Qui 17 | Sex 18 | Sáb 19 | Dom 20

___________________________________________________________________________________

 

O ENCONTRO

Um projecto de Ricardo Aibéo

 

Texto e Encenação: Ricardo Aibéo | Assistente de Encenação: Marta Brito | Interpretação: Dinis Gomes e Duarte Guimarães

 

O Duarte e o Dinis estão sentados num palco (ou espaço) deserto. Estão os dois neste mesmo local, cada um deles à espera do outro. Através de conversas telefónicas dispersas vai-se instalando o absurdo da situação até à demência.

 

JUNHO | Qua 30 | JULHO | Qui 01 | Sex 02 | Sáb 03 | Dom 04

____________________________________________________________________________________

 

UMA QUESTÃO DE PRINCÍPIO

Um projecto da Gato que Ladra

 

A partir de Javier Tomeo | Dramaturgia e Encenação: Rute Rocha | Figurinos e Espaço Cénico: Paulo Mosqueteiro | Interpretação: Emanuel Arada

 

A partir da obra Histórias e Problemas Oculares de Javier Tomeo procurámos jogar com o sarcasmo e o humor quase mecânico da nossa sociedade. A limitação humana muitas vezes permite uma perspectiva distorcida e acaba por se tornar o símbolo das imperfeições humanas. Em Uma Questão de Princípio propomos um encontro quotidiano entre um míope e um anão que acaba por se tornar directa ou indirectamente numa reflexão sobre a condição humana.

 

JUNHO | Qua 23 | Qui 24 | Sáb 26 | Dom 27

____________________________________________________________________________________

 

FALTA DE FALA DE MORTE

Um projecto de Miguel Castro Caldas

 

Texto e Cenário: Mara Zordan | Encenação: Miguel Castro Caldas | Interpretação: Ângelo Teixeira e Gonçalo Amorim

 

A estação de comboios está deserta. Lá longe o vento fez cair uma árvore sobre o caminho-de-ferro. A estação de comboios foi evacuada. Apenas ficam dois velhos à conversa, falando do que falta falar e fazendo o que falta fazer.

 

JUNHO | Qua 30 | JULHO | Qui 1 | Sex 2 | Sáb 3 | Dom 4

____________________________________________________________________________________

 

GOLIAS

Um projecto de David Almeida

 

Concepção: David Almeida e Rodrigo Areias | Realização: Rodrigo Areias | Interpretação: David Almeida

 

Andei pela estrada do mundo até me falharem as pernas. Depois regressei, porque como dizia um velho taberneiro, "há que voltar sempre, não?" E voltei a esta velha vila do Castelo disposto a contar o que vi pelo mundo fora. Tornei-me contador de histórias e de risos.

 

JUNHO | Qua 16 | Qui 17 | Sex 18 | Sáb 19 | Sex 25

____________________________________________________________________________________

 

I’M SO SORRY KARAOKE

Um projecto de Hélder Wasterlain e Rosa Diniz

 

Texto e Encenação: Hélder Wasterlain | Produção e Assistência de Encenação: Rosa Diniz | Cenografia: Lydia Neto | Música Original: Luís Pedro Madeira |Apoio Técnico: João Paiva | Interpretação: Nuno Pinheiro

 

Um Homem nunca é o que parece. Um homem é infiel, desilude a família e os seus fãs e pede desculpas. I’m So Sorry Karaoke não é um espectáculo, é um pedido oficial de desculpas. A partir do discurso do golfista norte-americano Tiger Woods.

 

JUNHO | Qua 23 | Qui 24 | Sex 25 | Sáb 26

___________________________________________________________________________________

 

A PORTA FECHOU-SE E A CASA ERA PEQUENA

Um projecto do Teatro do Eléctrico

 

Texto e Encenação: Ricardo Neves-Neves | Interpretação: Ricardo Neves-Neves e Vítor Oliveira

 

Havia dois e havia uma casa. Havia uma porta e depois deixou de haver. Havia uma janela e era nas traseiras. Havia uma casa e a casa era metade.

 

JUNHO | Qua 23 | Qui 24 | Sex 25 | Sáb 26 | Dom 27

____________________________________________________________________________________

 

PUTA DE VIDA

Um projecto de Fiasco

 

Ideia Original e Texto: Francisco Tavares | Interpretação: Estevão Antunes, Inês Pereira e Joana de Verona

 

Poço do Bispo 2010. Dia de aniversário sem festa. Primeiro o herói, fortaleza impotente, desejando a morte como os que morrem. Depois a mulher, Natividade, reclamando o amor e a juventude perdida. Por fim a adolescente desbocada que lança o caos no caos já instalado.

 

JUNHO | Qua 30 | JULHO | Qui 1 | Sex 2 | Sáb 3

____________________________________________________________________________________

 

UM QUARTO DE MEIAS-IRMÃS

Um projecto de Gonçalo Amorim

 

Texto: Nuno Milagre | Encenação: Gonçalo Amorim | Interpretação: Carla Galvão e Crista Alfaiate

 

30 de Dezembro 7h30m. Duas meias-irmãs. Um táxi. Um pai doente. Esta é a quarta parte da peça de Nuno Milagre Meias-irmãs, desta vez mesmo à porta do nº 44 da Rua da Ribeira Nova.

 

JULHO | Dom 04

____________________________________________________________________________________

 

SEMPRE OUTRA DOR

Um projecto de Ricardo Cabaça

 

Texto e Encenação: Ricardo Cabaça | Cenário e Adereços: Raquel Albino | Figurinos e Assistência de Encenação: Sara Guia de Abreu | Interpretação: Sara Guia de Abreu

 

Um quotidiano de perigos e impossibilidades de uma vida normal, o desejo de fechar os olhos e depois abri-los com tudo desaparecido. Questionar a razão de um medo e saber que a ele não se pode fugir, um instante perdido para sempre. Afinal de contas esta não foi uma vida por todos ambicionada.

 

JUNHO | Qua 30 | JULHO | Qui 1 | Sex 2 | Sáb 3 | Dom 4

____________________________________________________________________________________

 

SILÊNCIO

Um projecto de Sal

 

Concepção e Interpretação: Sal

 

O que é que fica quando não há?

 

JUNHO | Qua 16 | Qui 17 | Sex 18 | Sáb 19 | Dom 20

____________________________________________________________________________________

 

AVISOS DE RECEPÇÃO

Um projecto de António Mortágua e Catarina Rosa

 

Concepção e Interpretação: António Mortágua e Catarina Rosa | Apoio Técnico: Joana de Verona

 

Num espaço de um mês, cinquenta pessoas leram excertos de cartas de Georg Büchner. Num espaço de um mês cinquenta pessoas responderam. Neste tempo, como em qualquer outro hoje, vamos ouvir.

 

JUNHO | Qua 23 | Qui 24 | Sex 25 | Sáb 26 | Dom 27

____________________________________________________________________________________

 

A VOZ DE ONAN

Um projecto de Hugo Amaro

 

Autoria: Hugo Amaro e Ricardo Batista | Vídeo: Ricardo Baptista | Adereços: Tânia Franco | Interpretação: Hugo Amaro e Onan

 

Os duplos não se fazem, os duplos acontecem. Há sete anos aconteceu-me o duplo: Onan. Fez em Novembro último cinco anos que lhe dei um espaço: http://odiariodeonan.blogspot.com. Os duplos fazem e acontecem. O meu duplo quer acontecer cada vez mais: quer apresentar-se before my eyes; eu também quero. Quero vê-lo inteiro. Mas antes será preciso ouvi-lo. Ele pede-me, cordialmente, a voz e eu, de boa vontade, lha darei.

 

JUNHO | Qua 16 | Qui 17 | Sex 18 | Sáb 19 | Dom 20

____________________________________________________________________________________

 

MON FILS EST MARCEL DUCHAMP

Um projecto do ÚTERO

 

Concepção: Miguel Moreira | Interpretação: Duarte de Castro e Miguel Moreira

 

Nos últimos anos, o meu trabalho tem fortes alicerces na questão da duração e do tempo. O espectador é convidado a decidir e interroga-se sobre o seu comportamento. Criar numa duração reduzida é desafiante.

A cada nova criação levo aquilo que sou e o que vou reflectindo artisticamente com os que me rodeiam – a minha Família. Faz sentido pensarmos juntos o nosso tempo. Pensar a intervenção da Arte na sociedade.

Equacionar o meu filho como Marcel Duchamp é a minha forma de acreditar na mudança. Mudar como factor essencial à construção do Homem e desenvolvimento da sua capacidade de estar e agir.

 

JUNHO | Dom 20 | Dom 27 

____________________________________________________________________________________

 

.

 

 

Ângelo Teixeira | António Mortágua | Bruno Bravo | Carla Galvão | Catarina Rosa | Crista Alfaiate | David Almeida | Dinis Gomes | Duarte de Castro | Duarte Guimarães | Emanuel Arada | Emília Costa | Estevão Antunes | Fiasco | Francisco Tavares | Gato Que Ladra | Gonçalo Amorim | Hélder Wasterlain | Hugo Amaro | Inês Pereira | Javier Tomeo | Joana de Verona | José Álvaro Correia | Luís Pedro Madeira | Lydia Neto | Mara Zordan | Marta Brito | Miguel Castro Caldas | Miguel Moreira | Mónica Garnel | Nuno Milagre | Nuno Pinheiro | Paulo Mosqueteiro | Raquel Albino | Ricardo Aibéo Ricardo Baptista | Ricardo Cabaça | Ricardo Neves-Neves | Rosa Diniz | Rute Rocha | Sal | Sara Guia de Abreu | Tânia Franco | Teatro do Eléctrico | Útero | Vítor Oliveira

 

 

[ PRIMEIROS SINTOMAS ]

COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO Bruno Bravo | Paula Fernandes | Ricardo Neves-Neves

ASSISTENTE DE PRODUÇÃO Catarina Mascarenhas

ACOLHIMENTO E APOIO À DIVULGAÇÃO Bruno Simões

DESIGN GRÁFICO Raquel Albino

 

  

RESERVAS E INFORMAÇÕES: reservas@primeiros-sintomas.com | t. 21 096 48 51 | tm. 91 507 85 72

  

 

PRIMEIROS SINTOMAS

Rua da Ribeira Nova, nº 44, 1200-376 Lisboa [* traseiras Mercado da Ribeira – Cais do Sodré] | t. 21 096 48 51 | tm. 91 507 85 72 | primeiros-sintomas@primeiros-sintomas.com | www.primeiros-sintomas.com